News

Arquimedes Diógenes defende investimento privado em inovação

Nesta quarta-feira, 14 de novembro, o coordenador das Unidades de Pesquisa do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação, Arquimedes Diógenes, defendeu que as empresas brasileiras precisam aumentar muito o volume de investimento em inovação. Ele lembrou que o investimento em inovação no Brasil é realizado principalmente com recursos públicos, enquanto nos países líderes as empresas possuem centros de pesquisa internos nos quais injetam uma grande quantidade de recursos, além das parcerias firmadas com universidades por meio da inovação aberta.

"Quando comparamos os investimentos de empresas e do governo em Pesquisa e Desenvolvimento em porcentagem com relação ao PIB do país, vemos que somos o segundo entre os países dos Brics com maior investimento do governo, só perdemos para a Rússia. E quando comparamos com os países da OCDE, verificamos que o que o governo implementa não fica muito atrás do que os demais governos investem. Porém, quando comparamos com Coreia, Japão e Estados Unidos, vemos que a maior fatia vem das empresas”, afirmou.

Para ele, uma mudança de proporção é fundamental para que a pesquisa brasileira, que já é forte, se reverta em novos produtos e serviços disponíveis no mercado. "O Brasil caiu nove posições no ranking de inovação mundial, ficando no 47º lugar. Isso denota que ainda temos muito a fazer para vencer o evidente degrau tecnológico que encontramos ao examinar a produção científica: atualmente somos o 13º país do mundo em produção científica, podendo chegar à décima oitava posição ainda nesta década”, disse.

Diógenes participou da Arena Institutos de Pesquisa e intermediários de Inovação: novos modelos para reduzir a distância entre a ciência e o mercado. O grupo de trabalho, que foi realizado durante o 5º Open Innovation Seminar – maior encontro mundial de inovação aberta, também contou com a participação do Secretário de Inovação do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Nelson Fujimoto.

Open Innovation Seminar

O Open Innovation Seminar é o maior evento global de inovação aberta, organizado há cinco anos pelo Centro de Open Innovation – Brasil e apoiado institucionalmente pelo Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação. Com o tema “Crescimento sustentável apoiado em redes de inovação: agenda Brasil”, o OIS 2012 contou com mais de 150 painelistas nacionais e internacionais. O evento reúne especialistas da hélice tripla da inovação – governo, empresas e universidades – e tem sido apoiado por importantes entidades como ABDI, ANP, Finep, CNPq e INPI, além de associações, universidades, multinacionais e empresas brasileiras.

» Voltar

Confira as últimas edições do Boletim OIC:

» Novembro   » Outubro   » Setembro  » Ver todos

Receba os Boletins OIC.

» Ciência sem Fronteiras promoveu maior encontro de países e empresas já realizado desde seu lançamento
Nesta terça-feira, 13 de novembro, o programa Ciência sem Fronteiras, do Governo Federal, promoveu a maior reunião de países, empresas e organizações parceiras já realizada desde seu lançamento...


» Outras notícias