News

Referência internacional em empreendedorismo defende conceito de effectuation

Eleita uma das 20 melhores professoras de empreendedorismo pela revista Fortune Small Business, a indiana Saras Sarasvathy palestrou em São Paulo para um grupo de cerca de 600 pessoas, entre gestores e empreendedores, que participaram do 5º Open Innovation Seminar, maior encontro mundial de inovação aberta. De acordo com ela, o Brasil necessita de profissionais que não tenham receio de empreender, utilizando a lógica que ela chama de effectuation – metodologia que foi receita de sucesso para empresas como Dell e eBay.

Segundo essa lógica, quando se tem uma ideia na cabeça, o empreendedor deve “botar para fazer”, colocando-a em prática tão logo quanto possível. Para ela, é preciso relativizar a importância das teorias de gestão que podem acabar desanimando o empreendedor. “Não existe um cenário ideal para empreender. É preciso dar menos atenção a indicadores, pesquisas de mercado e previsões sobre o futuro, pois não é possível prever o futuro”, afirmou. “Os empreendedores devem se fazer três perguntas: o que eu sei fazer? Quem eu conheço que possa me ajudar? Quanto dinheiro eu tenho e posso investir? A partir dos recursos que se tem às mãos, é possível começar o negócio e crescer aos poucos”.

Saras também defendeu o perfil de empresas que são capazes de se adequar às mudanças do mercado. “As empresas precisam ser flexíveis para mudar de estratégia e se adaptar a cada contexto. Esse pensamento faz com que imprevistos não sejam encarados como fracassos, mas um novo cenário sobre o qual se pode trabalhar”, disse.

Saras Sarsvathy

Saras Sarasvathy leciona em universidades dos Estados Unidos, Europa, Ásia e África e é detentora de diversos prêmios mundiais, sendo um deles o reconhecimento da revista Fortune Small Business como uma das 20 melhores professoras de empreendedorismo do mundo.

Open Innovation Seminar

O Open Innovation Seminar é o maior evento global de inovação aberta, organizado há cinco anos pelo Centro de Open Innovation – Brasil e apoiado institucionalmente pelo Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação. Com o tema “Crescimento sustentável apoiado em redes de inovação: agenda Brasil”, o OIS 2012 contou com mais de 150 painelistas nacionais e internacionais. O evento reúne especialistas da hélice tripla da inovação – governo, empresas e universidades – e tem sido apoiado por importantes entidades como ABDI, ANP, Finep, CNPq e INPI, além de associações, universidades, multinacionais e empresas brasileiras.

» Voltar

Confira as últimas edições do Boletim OIC:

» Novembro   » Outubro   » Setembro  » Ver todos

Receba os Boletins OIC.

» Ciência sem Fronteiras promoveu maior encontro de países e empresas já realizado desde seu lançamento
Nesta terça-feira, 13 de novembro, o programa Ciência sem Fronteiras, do Governo Federal, promoveu a maior reunião de países, empresas e organizações parceiras já realizada desde seu lançamento...


» Outras notícias