News

SP Trans e Volvo estudam parceria para melhorar em até 20% a eficiência do sistema de ônibus da capital

O gerente de projetos da Volvo Group Trucks Technology, Rafael Basso, afirmou que a empresa apresentou em novembro à SP Trans uma proposta de parceria para aumentar a eficiência do transporte público da maior cidade da América Latina, melhorando o aproveitamento da frota que já existe na capital. O anúncio foi feito durante o 5º Open Innovation Seminar, maior encontro global de inovação aberta, que foi realizado em São Paulo na última semana. » Confira!

Governo Federal convoca setor automotivo a investir mais no Brasil

Líder de projetos do setor automotivo da ABDI afirma que novo regime automotivo brasileiro busca estimular cadeia de fornecedores e engenharia

O 5º Open Innovation Seminar, maior encontro mundial de inovação aberta, que está sendo realizado nesta semana, reuniu agências de fomento do governo e empresas para abordar o uso dos mecanismos públicos de incentivo à inovação. No evento, o líder de Projetos do Setor Automotivo da Associação Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Bruno Jorge, rebateu as críticas à política de incentivo de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) dentro do novo regime automotivo brasileiro, o Inova Auto, lançado no último mês pelo governo federal. O programa prevê incentivos gradativos às empresas que invistam 0,15%, 0,5% e 1% em P&D. Representantes do setor, no entanto, alegam que a realidade é outra e os investimentos já giram em torno de 4% na área. Segundo Bruno, a justificativa para os percentuais é a necessidade se considerar uma média de investimentos no setor. “Há muito dinheiro, mas algumas empresas não têm nem mesmo setores de engenharia, nem produzem os próprios motores. Essa situação precisa ser modificada”, afirmou. » Confira!

Ciência sem Fronteiras promoveu maior encontro de países e empresas já realizado desde seu lançamento

Reunião foi realizada com o objetivo de ampliar as redes internacionais de apoio à inovação e à ciência brasileira

Nesta terça-feira, 13 de novembro, o programa Ciência sem Fronteiras, do Governo Federal, promoveu a maior reunião de países, empresas e organizações parceiras já realizada desde seu lançamento. O encontro, que fez parte do 5º Open Innovation Seminar, foi proposto pelo CNPq e contou com a participação da Capes, além dos representantes da iniciativa privada: BG Group, Febraban, Abdib, Saab, Senai, Cisb, Petrobras e Natura; e dos países: Estados Unidos, Alemanha, Austrália, Suécia, Canadá, Inglaterra, Índia e Coreia do Sul. » Confira!

Arquimedes Diógenes defende investimento privado em inovação

Nesta quarta-feira, 14 de novembro, o coordenador das Unidades de Pesquisa do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação, Arquimedes Diógenes, defendeu que as empresas brasileiras precisam aumentar muito o volume de investimento em inovação. Ele lembrou que o investimento em inovação no Brasil é realizado principalmente com recursos públicos, enquanto nos países líderes as empresas possuem centros de pesquisa internos nos quais injetam uma grande quantidade de recursos, além das parcerias firmadas com universidades por meio da inovação aberta. » Confira!

Referência internacional em empreendedorismo defende conceito de effectuation

Eleita uma das 20 melhores professoras de empreendedorismo pela revista Fortune Small Business, a indiana Saras Sarasvathy palestrou em São Paulo para um grupo de cerca de 600 pessoas, entre gestores e empreendedores, que participaram do 5º Open Innovation Seminar, maior encontro mundial de inovação aberta. De acordo com ela, o Brasil necessita de profissionais que não tenham receio de empreender, utilizando a lógica que ela chama de effectuation – metodologia que foi receita de sucesso para empresas como Dell e eBay. » Confira!

Multinacionais passam a criar inovação em solo nacional

O Brasil atrai cada vez mais centros de pesquisa, desenvolvimento e inovação. Para avaliar o que já amadureceu no país e quais as estratégias para continuar crescendo em relevância para organizações mundiais na geração de inovação em território nacional, o OIS reúne executivos, instituições de ensino e intermediários de inovação. A arena “Centros de P&D de Multinacionais no Brasil: lições aprendidas, desafios e oportunidades” está com inscrições abertas. » Confira!

 

Rumos do sistema de saúde brasileiro são tema de arena do OIS

A arena “Saúde, Bem Estar e Assistência Médica” aborda o esgotamento do modelo de saúde brasileiro e envolve profissionais de diferentes áreas na busca por soluções novas por meio da inovação aberta. Hospitais, laboratórios, centros de pesquisa em negócios e governo estarão reunidos durante o dia 14 de novembro para colocar o assunto em pauta. » Participe!

 

Práticas não-sustentáveis geram perdas para a indústria

Todo resíduo descartado representa investimento jogado fora: é a partir dessa visão que o conceito de Ecologia Industrial propõe uma abordagem de eficiência máxima para a produção. Com o objetivo de aumentar a lucratividade, reduzir o desperdício de energia e matéria-prima e reaproveitar os resíduos em novos ciclos de produção, diversos países utilizam um arranjo produtivo que segue essa ideia, ainda pouco comum no Brasil. Para trazer essa discussão à realidade nacional, o OIS 2012 reúne empresas e especialistas no dia 13 de novembro. » Confira!

Centros urbanos continuam a crescer e demandam novo olhar

Estudos mostram que a população mundial deve continuar migrando do campo para a cidade nas próximas décadas, colocando em colapso o modelo atual de organização urbana. Por meio da inovação aberta, novas formas de organizar a cidade começam a surgir para abrigar esse crescimento e, ao mesmo tempo, se tornar atrativa, inteligente e sustentável. Além de apresentar experiências internacionais pioneiras, o OIS 2012 abordará o tema a partir do contexto brasileiro. » Confira!

 

Arena trabalha desafios de transporte e logística

Segurança no trânsito e no transporte de mercadorias, infraestrutura, circulação metropolitana. Os desafios brasileiros relacionados a transporte e logística são grandes e abrem oportunidade de atuação para diferentes organizações. No OIS 2012, uma arena será exclusivamente dedicada ao tema. » Confira!

 

Interessados podem se inscrever em arena sobre financiamento da inovação

As melhores práticas relacionadas ao uso, prestação de contas e fiscalização dos mecanismos públicos de incentivo à inovação serão tema de arena realizada no âmbito do 5º Open Innovation Seminar. O grupo de trabalho “Mecanismos públicos de incentivo à inovação: uma troca de experiências entre praticantes e proponente” é destinado a empresas que investem em P,D&I e têm interesse em otimizar seus custos a partir de alternativas que o governo federal oferece. Especialistas mostram que é possível reduzir em até 85% do custo real dos investimentos. » Participe!

Saras Sarasvathy oferece curso “Gestão da inovação aberta e criação de novos negócios”

Principal pesquisadora em atuação dedicada ao estudo do empreendedorismo, Saras Sarasvathy estará no 5º Open Innovation Seminar. Ela ministrará o curso “Gestão da inovação aberta e criação de novos negócios: o que gestores corporativos podem aprender com empreendedores”. Estudantes, professores universitários e profissionais de organizações apoiadoras do OIS 2012 têm desconto. » Inscreva-se.

 

OIS 2012 conta com pelo menos 30 especialistas de renome na programação

A programação do 5º Open Innovation Seminar, composta por seminário, arenas de inovação aberta e workshops, conta com a participação de importantes nomes da inovação reconhecidos nacional e internacionalmente. Dez pesquisadores e líderes tecnológicos internacionais estão incluídos nesse grupo, vindos da Suécia, Estados Unidos, Índia, Espanha, Bélgica e Dinamarca. » Confira.

 

Vinte cursos sobre inovação aberta

Para aprofundar temas debatidos ao longo do seminário e oferecer treinamento para profissionais de organizações ligadas à inovação, o 5º Open Innovation Seminar oferece 20 cursos e workshops. Todos serão ministrados por profissionais de referência em suas áreas de atuação. » As inscrições já podem ser realizadas pelo site

 

Arenas de inovação aberta reúnem profissionais de empresas, universidades e governo

O 5º Open Innovation Seminar cria espaços dedicados exclusivamente à atuação de grupos de trabalho multidisciplinares que irão debater e propor ações para enfrentar desafios estratégicos do Brasil. O formato inovador une a reflexão à prática e fortalece redes colaborativas. » Participe!

 

Estão abertas as inscrições para o 5º Open Innovation Seminar

Maior evento de inovação aberta da América Latina já recebe as inscrições de pessoas, empresas, universidades e entidades interessadas em participar das atividades. Estudantes, professores universitários e profissionais de organizações apoiadoras do OIS 2012 têm desconto. » Confira.

Acaba hoje desconto de 20% em inscrições

Acaba hoje, sexta-feira, 5 de outubro, o desconto de 20% oferecido pelo Centro de Open Innovation – Brasil para para os interessados em participar do 5º Open Innovation Seminar – maior evento de inovação aberta da América Latina. O evento será realizado de 12 a 14 de novembro no hotel Transamérica, em São Paulo (Av. das Nações Unidas, 18591, Santo Amaro).

As inscrições estão abertas para assistir às palestras nacionais e internacionais, cursar os workshops e participar das arenas de inovação aberta – espaços multidisciplinares em que serão colocados em pauta desafios brasileiros com o objetivo de propor ações de inovação relacionadas a eles. Os valores para participar do evento variam de acordo com o tipo de atividade e o dia em que será realizada. Há ainda descontos para professores de pós-graduação e profissionais associados a organizações que apoiam o evento.

O OIS, que neste ano traz o tema “Crescimento sustentável apoiado em redes de inovação: agenda Brasil”, reunirá empresários, profissionais ligados à área de inovação da indústria, pesquisadores e representantes de governo. O objetivo é reunir países para a construção de uma agenda Brasil pela busca de parcerias internacionais para o desenvolvimento nacional.

Os temas das arenas foram propostos por diversas organizações e entidades ligadas ao evento e discorrem sobre questões como “Ciência sem Fronteiras: construindo redes internacionais para inovação”, “Mecanismos Públicos de Incentivo a Inovação: uma troca de experiência entre praticantes e proponentes”, “Mega Eventos: inovação e geração de negócios a partir da inserção do Brasil no calendário internacional de grandes eventos”, entre outros. 

Durante o 5º Open Innovation Seminar também serão realizados cursos para os participantes relativos à prática da inovação aberta, com temas como “Cultura de Inovação”, “Transferência de tecnologia”, “Design Thinking e Inovação”, entre outros. Os cursos, com instrutores nacionais e internacionais, serão realizados no segundo e terceiro dia do evento.

 

OIS 2012 é lançado em diversas capitais

Em 2012, o Open Innovation Seminar se tornou ainda mais aberto à participação dos parceiros. Ao longo das últimas semanas, foram realizadas reuniões para o lançamento do evento em diversas capitais do Brasil: São Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Brasília. Além de apresentar o formato e os objetivos do seminário neste ano, o objetivo das reuniões foi convocar organizações envolvidas com inovação aberta em diversos setores para que contribuíssem com sugestões e aprimoramentos.

 

Investir em inovação aberta é um bom negócio

Lançado há um ano, o Plano Brasil Maior já criou um cenário bastante positivo para as empresas. Isso porque ao investir em pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I) em parceria com universidades e institutos de pesquisa privados, é possível ter custos baixos e, ainda, lucro. O fomento do governo colabora na redução de tributos para as empresas, e isso, combinado com o financiamento possível de organizações como o BNDES ou Finep, podem fazer as receitas das organizações aumentarem.

O Centro de Open Innovation – Brasil vem pautando e amadurecendo o debate sobre uso dos incentivos do governo federal e seu impacto para o dia a dia das empresas. O assunto entrará novamente na programação da próxima edição do Open Innovation Seminar, que será realizada entre 12 e 14 de novembro no hotel Transamerica em São Paulo.

 

“Inovação aberta é caminho sem volta”

É o que diz o consultor estratégico dinamarquês, Stefan Lindegaard. Além de autor de dois livros sobre open innovation, Lindegaard ficou conhecido pelo seu blog, onde posta estudos de caso, artigos e insights sobre inovação aberta. Em visita que realizou ao Centro de open Innovation – Brasil, afirmou que um dos principais benefícios da inovação aberta é a maior rapidez no desenvolvimento e lançamento no mercado de novos produtos e serviços. “A diversidade que a inovação aberta traz resulta na descoberta de mais oportunidades e na melhoria da taxa de sucesso. À medida que as empresas adotam a inovação aberta, percebem que o processo pode ser muito gratificante”, garante Lindegaard.

 

Programa de colaboração facilita intercâmbio internacional

O programa Ciência sem Fronteiras já se destacava pelo número inédito de bolsas de pesquisa no exterior e por abrir espaço para a integração acadêmica – chave para a alavancagem do ensino universitário que o Brasil tanto precisa. Agora, tem se mostrado também um âmbito promissor para avançar na colaboração entre academia e empresas, impulsionando a inovação no relacionamento entre pesquisadores e empresas de países diferentes. Através do CISB (Centro de Pesquisa e Inovação Sueco Brasileiro), os estudantes de universidades brasileiras e suecas são mapeados e avaliados quanto ao interesse de pesquisa. A solução promete impulsionar os resultados do programa.

Em novembro, os avanços as formas pelas quais as empresas e universidades podem tirar o melhor proveito do programa serão discutido neste ano no maior evento de inovação aberta da América Latina, o Open Innovation Seminar.

 

Inovação aberta é oportunidade para pequenas empresas

Não é de hoje que se multiplicam as dúvidas sobre como a inovação aberta se aplica às pequenas empresas. Em um mercado globalizado e cada vez mais pautado pela partilha de informações, a inovação interessa a empresas de todos os portes. Sendo parceiras estratégicas de organizações maiores ou criando vínculo com outras pequenas empresas para encontrarem oportunidades de crescimento, as empresas de pequeno porte vêm encontrando alternativas de sucesso no modelo inovador. Isso mostra que a inovação aberta é um modelo que pode ser usado por qualquer organização. É justamente a aliança entre empresas e organizações de diversos perfis que o Open Innovation Seminar visa estimular.

Desde 2008, o OIS reúne especialistas da chamada hélice tripla da inovação – governo, empresas e universidades – de diversos países e tem desempenhado papel de destaque na inserção do Brasil em uma rede global de inovação. Também tem sido apoiado por importantes entidades públicas, como ABDI, ANP, Finep, CNPq e INPI, além de associações, universidades e grandes empresas. Em 2011, mais de 60 organizações se envolveram no evento, que contou com cerca de 1,2 mil participantes.

 

Discussões em open innovation amadurecem no Brasil

De acordo como diretor executivo do Centro de Open Innovation – Brasil, Bruno Rondani, o tema da inovação aberta vem amadurecendo no Brasil desde a primeira edição do seminário. “No início, poucos profissionais sabiam o que é inovação aberta e o papel do evento era difundir o conceito. Hoje, alcançamos um público bastante grande e qualificado, o que permite um nível de discussão avançado”, afirma.

Isso tem demandado que o Open Innovation Seminar cumpra novas funções. Além de palestras com especialistas de diversos países, o evento se transformou em um espaço para o desenvolvimento de networking, para colocar a inovação aberta em prática e para gerar e consolidar conhecimentos.

Confira as últimas edições do Boletim OIC:

» Novembro   » Outubro   » Setembro  » Ver todos

Receba os Boletins OIC.

» Ciência sem Fronteiras promoveu maior encontro de países e empresas já realizado desde seu lançamento
Nesta terça-feira, 13 de novembro, o programa Ciência sem Fronteiras, do Governo Federal, promoveu a maior reunião de países, empresas e organizações parceiras já realizada desde seu lançamento...


» Outras notícias